Notícias

Notícias

Neste canal você encontra notícias sobre a empresa e os boletins enviados para a imprensa

Assessoria de imprensa: imprensa@ecorodovias.com.br

Eco135 assina contrato com SETOP para administrar BR-135

Publicado em 19 de jun de 2018 às 18:00

 

A concessão terá 30 anos de duração e prevê um aporte de R$ 3,1 bilhões em serviços operacionais e investimentos na rodovia. A partir do sexto mês da concessão, a Eco135 disponibilizará aos usuários atendimento de emergência com ambulância e guincho, 24 horas por dia

 

 

Belo Horizonte, 19 de junho de 2018 - A concessionária Eco135 e a Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas de Minas Gerais (SETOP) assinaram, hoje, o contrato de concessão para administração, por 30 anos, das rodovias BR-135, MG-231 e LMG-754. O trecho tem 363,95 quilômetros de extensão, a partir da BR-040, nas proximidades de Belo Horizonte até o município de Montes Claros. A BR-135 é um importante corredor viário de longa distância do País e integra a principal rota de interligação entre as regiões Sudeste/Sul e Nordeste.

 

O contrato prevê o aporte de R$ 3,1 bilhões em investimentos na rodovia e serviços operacionais, ao longo da concessão. Desse total, R$ 1,9 bilhão será investido em obras de ampliação (duplicações, terceiras faixas, acostamentos, contornos, entre outras) e restauração da pista existente. As obras de ampliação da rodovia ainda contemplam construção de passarelas, vias marginais, paradas de ônibus, melhorias nos acessos e intersecções em nível.

 

A partir do sexto mês da concessão, a concessionária Eco135 passará a oferecer uma estrutura operacional de atendimento ao usuário, que contará com atendimento de emergência nas rodovias durante 24h, com prestação de serviços de ambulâncias e guinchos.

 

A concessionária Eco135 é uma Sociedade de Propósito Específico (SPE), sediada em Curvelo, e controlada pelo Grupo EcoRodovias. A conquista do lote da BR-135 faz parte da estratégia adotada pelo grupo de focar em ativos de concessões rodoviárias e alongar o prazo de duração do seu portfólio. Desde o começo deste ano, o Grupo venceu o leilão para administrar o Rodoanel Norte, em São Paulo, anunciou a compra de 100% das ações da concessionária MGO -- trecho de 436,6 quilômetros que começa no entroncamento com a BR-040, em Cristalina (GO), e se estende até a divisa de Minas Gerais com São Paulo, no munícipio de Delta (MG) -- adquiriu as participações dos sócios minoritários nas concessionárias Ecosul e Eco101 e concluiu a venda da empresa de logística Elog.

 

A EcoRodovias conta hoje com sete concessionárias de rodovias, todas em importantes corredores de importação e exportação e eixos turísticos, o que totaliza 1.830,5 quilômetros sob gestão. Com MGO e Rodoanel Norte, a Companhia passará a administrar mais 484,2 quilômetros, o que soma 2.314,7 quilômetros. Com a BR-135, o Grupo terá sob seu controle dez concessões rodoviárias, num total de 2.640 quilômetros.

 

Entre as empresas que compõem seu portfólio, estão a Ecovias dos Imigrantes, em São Paulo, ligação entre a capital paulista e a Baixada Santista; a Ecopistas, responsável pela administração do corredor Ayrton Senna/Carvalho Pinto; e a Ecoponte (ponte Rio-Niterói). No Espírito Santo, a Eco101 opera a BR-101; na região Sul, Ecovia e Ecocataratas (PR) administram trechos da BR-277, e a Ecosul administra o polo rodoviário de Pelotas.